Artista, seja surdo

Olá, querido artista e artesão!

Nesses 20 anos de galeria, eu ouvi muitas e muitas vezes “ninguém valoriza arte”, “que lindo, mas alguém compra?” Foram tantas vezes que quase comecei a acreditar nisso. Mas, fui persistente e segui em frente – mesmo ouvindo isso quase diariamente.

O que me ajudou a seguir em frente foi focar totalmente no meu trabalho e não acreditar no que ouvia. Eu era surda àquilo que não agregava. Quando ouvia frases como aquelas primeiras, preferia escutar apenas a parte: “que lindo” e ignorava a parte do “mas…”.

Além de não dar atenção a essas palavras, eu aprendi também ao longo dos anos uma coisa muito importante: as palavras que nós falamos tem uma vibração e aquilo que falamos se concretiza.

Se fosse possível entender de fato o peso que as palavras têm, certamente cuidaríamos mais do que dizemos. Compreenderíamos que é melhor falar constantemente apenas afirmações positivas e coisas boas.

Eu acredito que o Universo sempre diz Sim a tudo o que falamos, não importa o que escolhemos acreditar. Se escolho acreditar que é difícil viver de arte, o Universo vai responder: Sim! Se escolho acreditar que vivo da minha paixão com felicidade e abundância, o Universo diz Sim também!

Então, hoje eu me policio e fico mais atenta para o que eu digo e penso, e o Universo vai me respondendo positivamente.

Por isso, artista e artesão: seja surdo aquilo que não agrega à você. Ouça e acredite apenas em coisas que te levem pra frente, que te levem para um próximo nível na sua vida e na sua estrada. Repita diariamente: “eu vivo da minha arte, com abundância e liberdade”, “eu sou um artista/artesão de sucesso” – e o Universo vai te enviar exatamente isso que você acreditar!

Torço por você, artista! Estamos juntos nessa jornada.

Com amor e admiração,

Zilá

Anúncios